Samsung, Nike e Nestlé são as marcas mais reconhecidas nas redes

facebook celSamsung, Nike e Nestlé são as empresas mais indicadas por internautas brasileiros nas redes sociais. O ranking foi revelado em levantamento realizado pela SurveyMonkey, plataforma de questionários e pesquisas online, em parceria com a social@Ogilvy, divisão global do Grupo Ogilvy, que reúne time de experts em social media de diversas unidades de negócio da rede pelo mundo.

Pesquisa revelou empresas mais recomendadas por brasileiros na internet. O estudo completo identificou o comportamento de 5.639 usuários de mídias sociais por meio da análise de dados coletados em 11 países: Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Japão, Reino Unido e Estados Unidos. 500 internautas brasileiros foram entrevistados.

A pesquisa foi realizada com objetivo de entender as razões que levam as pessoas a serem engajadas ou não em promover ou prejudicar marcas nas redes sociais. No Brasil, o resultado mostra que Samsung, Nike, Nestlé, Sony e Apple aparecem como as empresas que os internautas estão mais propensos a indicar. A primeira companhia brasileira a figurar a lista é a Natura, na 9ª colocação, atrás de empresas como Adidas, LG e Omo, sexta, sétima e oitava do ranking, respectivamente.

Engajamento
O levantamento revela, ainda, características do brasileiro quanto ao engajamento em indicar marcas a amigos ou parentes na web. Os “promotores”, aqueles que defendem e indicam serviços ou produtos para seus contatos, são muito engajados em seguir ou curtir páginas das empresas. No Brasil, 78% afirmam fazê-lo. Para efeito de comparação, a média dos países pesquisados fica em 66%.

Sobre as razões pelas quais as pessoas curtem ou seguem marcas, a maioria dos brasileiros (77%) afirma que faz isso para ficar por dentro de ofertas e novas informações de produtos ou serviços. Interagir diretamente com a empresa é a segunda opção dos internautas (58%); e, para 57% deles, é importante também dar “like” ou “follow” para fornecer feedback direto às companhias.

No grupo dos promotores, 86% já tentaram interagir com empresas por meio das redes sociais, seja comentando publicações, mandando tuítes ou escrevendo conteúdo em mural. Perguntar algo sobre produto ou serviço é a principal forma de interação com a marca, sendo que 81% afirmaram fazer isso.

Além disso, 72% fazem contato por meio das redes sociais para expressar satisfação com a marca. Só 35% fazem reclamações. E os internautas têm obtido sucesso com este comportamento, sendo que 87% deles relataram que as marcas já lhes deram algum retorno a partir de um comentário que fizeram.

A pesquisa mostra que proporção de boas experiências compartilhadas nas redes sociais é maior do que as más: 89% afirmam já ter divido boas práticas das empresas com seus amigos, enquanto 72% divulgaram situações negativas nestes canais.

“Entre os pesquisados, os brasileiros são os mais engajados com as marcas nas redes socais, ou seja, os mais propensos a seguir, compartilhar ou recomendar as marcas nos canais. Isto é grande oportunidade para as empresas criarem conteúdos relevantes para esta audiência de forma a cativá-la, o que poderá ajudar a alavancar sua presença, influência e reputação”, afirma o country manager da SurveyMonkey no Brasil, Rodolfo Ohl.

Outra característica detectada pelo levantamento se refere ao comportamento na web quando um amigo ou pessoa seguida pelo internauta faz menção positiva a serviço ou produto. 81% afirmam que vão atrás de mais informações, fazendo pesquisa na internet. Dos brasileiros pesquisados, 71% visitam o site da empresa e, ainda, em mais da metade dos casos (51%), o internauta pede a seu amigo mais informações sobre a empresa a partir de comentário positivo.

Para os entrevistados, qualidade e atendimento são atributos importantes para avaliação das empresas. Para 93% dos respondentes, é a qualidade que lhes leva a dar nota 9 ou 10 para uma marca. Para 56%, é o atendimento recebido.

Questionados sobre os fatores que influenciam na decisão para comprar ou experimentar novo produto ou serviço, 17% afirmam que são as recomendações de amigos nas redes sociais. Primeiramente, os internautas confiam mais em teste do produto (32%), seguido por comerciais em TV (21%).

“O sucesso nas redes sociais vai muito além das curtidas e seguidas. Os compartilhamentos são relevantes, mas o mais importante é ter legião de promotores, ou seja, internautas que compartilham boas experiências em relação à marca nestes canais”, conclui Ohl.